segunda-feira, 31 de agosto de 2015 • por Thuany Santos


Teve um dia que a gente estava esperando o ônibus conversando sobre coisas da faculdade e um outro ônibus chegou. Uma senhora com muitas sacolas tentava entrar, mas sem sucesso. Eram muitas sacolas. Ele saiu da nossa roda de conversa e foi até a senhora, ajudá-la a colocar todas as suas mercadorias dentro do ônibus.

Ele me ajuda em qualquer tarefa, por mais chata que ela seja, com bom humor e paciência. Seja estudar mecânica ou limpar cocô de cachorros (sim!). E ainda consegue achar coisas boas nisso, como "pelo menos estamos juntos!".

Ele dá carona pra qualquer pessoa que esteja indo pro mesmo lado, mesmo que para isso tenha que mudar a sua própria rota, ou sair mais cedo de casa.

Ele divide absolutamente tudo. Quando a gente está comendo alguma coisa,  se eu termino de comer antes,(e eu sempre termino) ele divide a outra parte também, porque "não acha justo". Eu também acho que não tem o menor sentido isso que ele fala, mas acho fofinho.

Ele não gosta de dizer não pra ninguém, e se for pra um ambulante na rua debaixo do sol, pior ainda. Às vezes isso me irrita, porque eu vejo que ele claramente está sendo enganado. Mas eu vejo o coração dele é bondoso e o quanto ele pratica a empatia sem nem perceber.

Sempre quando ele chega em algum lugar, jamais chega dizendo o que quer. Ele sempre fala um "Oi tudo bem?" sincero, e espera a resposta - que por diversas vezes não chega - para só depois dizer o que quer.

Se ele fica insatisfeito com algum serviço prestado, ele ensaia bastante a maneira como vai reclamar, para que, de modo algum, aquilo possa ser confundido com grosseria. Ele só quer se mostrar indignado/insatisfeito, mas sempre, com toda a educação.

Ele é forte. Do tipo que aguenta 16 kg no peito e 32 kg nos braços por 1 km e do tipo que me aguenta por 20 dias reclamando de um mochilão nas costas, me consolando com um abraço quentinho e massagens diárias pós exercício de carregar o mochilão. (Grazie mille per questo, amore!).

Ele é muito, muito parceiro. Que faz academia, corrida, dieta e o que for necessário pra não me deixar sozinha. Mesmo estando absolutamente claro que ele não precisa. E depois, para de fazer todas essas quando eu decido que também não preciso.

Ele sabe valorizar as coisas boas e gostosas da vida e deixar o futuro pra lá de vez em quando. Ou seja, ele sabe ser na medida exata um pouquinho inconsequente e valorizar pequenos momentos. A gente fez uma viagem e por conta de alguns imprevistos, tínhamos pouquissimo dinheiro. Ainda tínhamos três dias de viagem, e definitivamente aquele dinheiro não seria suficiente. Daí entramos num restaurante e comemos o melhor macarrão de todo o intercâmbio, um pesto com tomate. A gente só tinha dinheiro para garrafas de água depois disso, mas estávamos felizes e realizados.

Ele insiste pra que eu corra atrás dos meus sonhos quando até eu já não estou mais acreditando neles.

Ele tem calma e tranquilidade pra resolver as coisas. Pra vida. Doa seu tempo e sua dedicação pra cada pequena coisa que vai realizar. Ele dá tempo ao tempo sabem? Não se afoba pra tomar decisões e sabe levar a vida num ritmo perfeito.

Ele é a pessoa mais bonita, por dentro e por fora que eu já conheci. E é por isso, que do fundinho do meu coração, o que eu mais te desejo é: continue iluminado desse jeitinho, meu amor! E sempre que precisar, saiba que eu vou estar aqui do seu ladinho. Ti amo, amore mio!

PS: Eu fiz esse vídeo como forma de agradecimento e memória desse ano incrível! Caso não consigam acessar pelo Youtube, disponibilizei logo abaixo pelo Vimeo. É só dar play! (: 






Giulli from Pés Viajantes on Vimeo.

Marcadores: , ,


Postado por

Thuany Santos




comentários | compartilhe!



comments powered by Disqus



Ciao a tutti!
Sejam bem vindos ao nosso diário de bordo.
Aqui iremos compartilhar um pouco de nossa vida: rotina, sonhos e viagens. Viajar é o que mais gostamos de fazer juntos e por isso criamos o projeto Pés Viajantes. Para saber mais sobre a gente, clique aqui, e boa viagem!


CATEGORIAS





ARQUIVOS



Pés Viajantes - 2014 ©
Todas as postagens aqui contidas são de autoria da Thuany Santos e Giulliano Zanlorenzi, exceto quando apontado o contrário. As imagens utilizadas são fruto de reproduções, e se você teve seu conteúdo publicado aqui e deseja que seja retirado, entre em contato em doispesviajantes@gmail.com.
Design e codificação por Júlia Duarte.
Ilustração por Alana Prado, Lanillu

From scratch, with ♥
Powered by Blogger.